sodexo-logo-qualidade-vida

Qualidade de Vida nas Empresas

Seguros de Saúde: Sim ou Não? Ou será a prevenção a nova tendência?

Feb 14, 2019 6:04:18 PM por Sodexo

 

5-Seguros-de-Saude-sim-ou-nao-ou-sera-a-prevencao-a-nova-tendencia

A gestão da saúde está no centro das preocupações quer para nós, enquanto indivíduos, quer para as empresas, enquanto entidade interessada no bem-estar dos seus colaboradores. Pois colaboradores saudáveis e felizes são mais produtivos. Até onde o seguro de saúde tradicional precisa de se atualizar?

 

Stress, felicidade, produtividade e seguro de saúde

O stress é a doença do século e está a custar às empresas muitos milhões de euros em tratamentos e absenteísmo. O ambiente laboral stressante é uma das principais causas, seja pela tarefa desempenhada, prazos, responsabilidades envolvidas ou chefias cujo perfil fomenta esse tipo de ambiente. Este fator de stress está diretamente ligado ao índice de felicidade dos colaboradores. E relembramos que a felicidade está diretamente ligada ao nível de produtividade. Mas como gerir isto e os custos com saúde da empresa?

A questão é investir preventivamente em vez de alocar 100% do budget ou das ações aos cuidados de saúde reativos. Ou seja, os benefícios da área da saúde entregues ou disponibilizados aos colaboradores devem integrar terapias e medidas preventivas da saúde e bem-estar, modernizando o tradicional Seguro de Saúde.

Como implementar ações nestas áreas? 

Uma das ações mais comuns nas empresas que têm esta prioridade em agenda é a criação de programas de recompensas. As recompensas são atribuídas aos colaboradores pela poupança de recursos e energia, quer no trabalho quer em casa.

Esta poupança de recursos pode ser visível nos colaboradores que optam por meios de transporte mais amigos do ambiente. Além de reduzir a emissão de CO2, esta opção promove a atividade física.
Mas este tipo de atividades não está apenas nos colaboradores, a empresa deve liderar com exemplos a seguir. A organização pode promover ofertas de experiências para premiar os colaboradores quando oportuno, em vez da oferta de bens materiais que consumam recursos como plástico, papel, manufatura em países em vias de desenvolvimento ou subdesenvolvidos.

Trabalhar estes temas através do gaming – como uma rede social – é uma forma divertida e eficaz de motivar as equipas a participar nas atividades. A imaginação é o limite para potenciar oportunidades de reduzir a pegada ecológica e motivar à mudança de comportamento nas pessoas.

 

Investimento em saúde

O estudo Medical Trends Around the World 2018 mostra que apenas 14% das empresas oferece soluções de saúde preventivas aos seus colaboradores e que algumas áreas chave não estão contempladas. Entre elas, a saúde mental. E quando falamos em stress e felicidade, temos de falar obrigatoriamente de cuidados e soluções dentro desta área.

E os estudos comprovam a importância desta área da saúde, pois a saúde mental é considerada o terceiro maior fator de risco pelos empregadores. Mas, ao serem validados os planos médicos disponíveis para as empresas pelas seguradoras de saúde, cerca de 40% das mesmas não incluem soluções dirigidas a essa área.

É neste quadro que se denota a importância de se reverem benefícios, estratégias e prioridades, pois há muita incoerência nesta área. Esta é também uma forma de se reverem investimentos e resultados dos mesmos. Com a digitalização e o Big Data é possível aceder aos números que nos transmitem a utilização ou não dos benefícios e quais os serviços mais utilizados ao abrigo dos seguros de saúde oferecidos pela organização.

Um poll rápido entre colaboradores também pode elucidar a Gestão de Recursos Humanos e as áreas financeiras sobre que benefícios eles gostariam de ter disponíveis.

Um dado relevante que pode influenciar nesta estratégia de benefícios é o facto dos seguros de saúde (ou planos de saúde disponibilizados pelas entidades competentes) terem um aumento superior à inflação. Em 2017, estes planos de saúde aumentaram o seu preço em aproximadamente 9,5%.

Com o aumento do investimento requerido a gestão financeira e de pessoal são obrigadas a olhar para esta realidade com maior escrutínio. E é aqui que surgem oportunidades de melhorar a saúde dos nossos colaboradores e os seus níveis de felicidade.

O que são medidas preventivas nos benefícios de saúde?

Estimular o exercício físico, o combate ao sedentarismo, uma alimentação mais saudável, ginástica laboral. Estas são alguns dos tópicos relevantes para a melhoria do bem-estar físico e da qualidade de vida dos colaboradores.

Mas não basta enumerá-los, é preciso facilitar a sua aplicação, ter na cafetaria ou nas vending machines snacks saudáveis, fazer workshops sobre alimentação saudável nas instalações da empresa ou estabelecer parcerias, construir um ginásio nas instalações da empresa ou permitir que haja disponibilidade para que os indivíduos façam o seu exercício.

E, por último, mas não menos importante, regras de sono. Enfatizar a importância da qualidade do sono para consciencializar as pessoas para o seu próprio bem-estar geral.

Mais do que começar, é preciso manter estas rotinas, pelo que as ações de grupo e a partilha de objetivos são muito importantes no sucesso destes objetivos.

E os seguros de saúde?

Qualquer mudança social parte da sociedade e da sua afirmação de necessidades ou tendências. Nos seguros de saúde não é diferente. As próprias seguradoras já mostram algumas mudanças nos seus serviços, não só ao nível da desburocratização e digitalização, mas também e termos dos serviços disponibilizados. Os programas de bem-estar já não são só um cliché, são uma realidade cuja necessidade está bem identificada no seio organizacional.

É de extrema importância que as prioridades de colaboradores, empregadores e empresas de saúde estejam alinhadas, caso contrário não será benéfico para nenhum dos envolvidos neste processo.

Note que: nenhum deste estudo ou literatura minimiza a relevância de incluir planos ou seguros de saúde nos benefícios oferecidos aos colaboradores. Bem pelo contrário, a sua importância é tal que deve ser levada mais além, de forma preventiva, atuando sobre o bem-estar das pessoas e a sua felicidade, em última instância.

Todo este processo permitirá que a produtividade seja assegurada, consequentemente a performance organizacional.

 

Tópicos: Viver Bem, Benefícios

Sodexo

Publicado por: Sodexo

Subscreva a nossa newsletter!

Se tem interesse em temas relacionados com o bem-estar dos colaboradores ou a felicidade nas organizações, subscreva este blog.

Quer saber mais sobre a Sodexo?

Saiba aqui

O Blog “A Qualidade de Vida nas Empresas” by Sodexo pretende gerar insights sobre os novos desafios organizacionais. Na Sodexo, acreditamos num local de trabalho centrado no employee experience, onde as pessoas podem inventar, inspirar, liderar, aprender e criar um amanhã melhor. Este é um espaço aberto à discussão, por isso, contamos com o contributo de todos!

Quer saber mais sobre a Sodexo?

Saiba aqui

7 tendências que potenciam a mudança nas organizações

global-workplace-trends-2018

O bem-estar dos colaboradores é essencial pois estes são os agentes-chave no crescimento e evolução da sua empresa.

Aceda aqui ou veja o vídeo:

video

os mais populares

os mais recentes

3-premios